destaques

Guillermo Ochoa: elogios de Kahn, Falcao, Miguel Herrera e Daniel Alves

Oliver Kahn, ex-lendário guarda-redes, hoje analista da ZDF, Radamel Falcao, avançado Colombiano do Monaco, Miguel Herrera, seleccionador do México, e Daniel Alves, lateral do Brasil, foram alguns dos principais elogiosos à exibição de Guillermo Ochoa contra os Brasileiros, no empate Azteca a zeros.

Oliver Kahn


– “Foi a melhor exibição de um guarda-redes nesta competição.

Estava onde tinha de estar e a bola resvala nele, esteve também com sorte, que sempre é precisa como guarda-redes.

[Quanto à defesa a cabeceamento de Neymar] Era uma bola difícil e reagiu de maneira perfeita.”

Radamel Falcao






























Miguel Herrera

– “Na minha memória não há um guarda-redes que tenh feito o que hoje Memo fez num Mundial. Jorge Campos era um tipo fora de série, mas parece-me que Memo faz defesas de grande nível, dá a segurança à equipa que necessitamos atrás e dá-nos confiançar saber que estamos bem cobertos na baliza.

A decisão de dar-lhe o posto foi muito difícil, mas vimos que Memo estava com mais tranquilidade e mais naturalidade, e vemo-lo um pouco acima dos outros, por isso decidimos que Memo fosse o guarda-redes que começava o Mundial.”

Daniel Alves

– “A virgem de Guadalupe creio que estava com ele [Ochoa] porque parou tudo o cabrão.”


Siga O Mundo dos Guarda-Redes nas redes sociais