destaques

Tim Krul herói devido ao fruto do trabalho

Tim Krul revelou a fórmula para o seu sucesso na defesa dos dois penáltis no Holanda-Costa Rica.

O guarda-redes Holandês de 26 anos entrou no minuto final do prolongamento e defendeu duas cobranças da marca dos 11 metros e colocou a Holanda na meia-final do Mundial’2014, mas antes, houve um “trabalho”:

“Eu e Frans [Hoek] estivemos a falar de como eles rematavam nos penaltis, e trabalhamos a fundo. A chave é aguentar o máximo possível e logo eleger o lado para que te atiras. Se te sai bem, fantástico.”

“Estudámos como eles rematavam, mas com isso não ganhas grande coisa. Assim concentramo-nos com Frans e trabalhamos muito duro. Mas se Jasper [Cillessen] não tivesse defendido aquele remate no último momento, nada disto tinha acontecido.”

“Defender dois penaltis… é para isto que treinas e te preparas durante 7 semanas. Um Mundial só se ganha com os 23 jogadores.”

“É um sonho de infância feito realidade. Estive sentado no banco durante quase toda a partida, pensei que ganharíamos. Se sabia que Van Gaal fazia esta mudança? Faltava-nos uma substituição para realizar, e podia ser. Quando fomos para o prolongamento comecei a sentir um formigueiro, foi incrível.”


Siga O Mundo dos Guarda-Redes nas redes sociais